12 de mai de 2007

DIA DAS MÃES!

SÚPLICA


Velhinha, quase não suportas mais
andar, agir, enfim realizar
os quefazeres diários pelos quais
te dedicas fingindo não cansar.

Acima dos oitenta com estás
teus olhos nunca param de chorar,
sorrir, cantar, parece que jamais
hei de ver alegria em teu olhar!

Sabes mamãe, a vida é bela, é boa,
o pranto fere a alma e te a atordoa,
a mente sofre quando estás carpindo...

Suplico a Deus a paz em teu porvir,
em vez de choro, deves pois, sorrir,
és mais bonita quando estás sorrindo!


Carlos Severiano Cavalcanti
Sócio

Nenhum comentário: