25 de nov de 2016

Poesia de Giselda Pereira - O ciúme da chuva pela lua



O CIÚME DA CHUVA PELA LUA 
( Histórias que minha avó contava e que transformei em poesia)

A Chuva era generosa
Ajudava encher os rios
Molhava as plantações
Não deixando os potes vazios
Procurando ser passiva
Nos seus grandes desafios...

Mas conta uma bela senhora
Que nas noites de Lua cheia
A Chuva se chateava
Com o clarão das aldeias
Então ficando com ciúmes
Encharcava as areias...

A Lua com sua beleza
Deixava a chuva magoada
Em todas as fases que estava
A lua vinha iluminada
E a chuva ficou pensando
Como deixa-la apagada...

E a bela senhora contava
O que a chuva ficou a pensar
Numa bela noite
De falar com o bravo Mar
Que as ondas fossem tão fortes
Pra Lua se afogar...

Mas o Mar , que também era
Pela Lua apaixonado
Falou pra Chuva assim
Deixe esse ciúme de lado
Misture suas águas as minhas
E  me deixe enamorado...

E no final da história
Caiu uma chuvarada
E a bela senhora contou
Que a Chuva era amada
Que não tinha mais ciúmes
Pois estava apaixonada...


     Giselda Pereira

Nenhum comentário: