1 de mai de 2015

Poesia de Beto Acioli - Punção



Punção

A alma inventa um artifício
tecendo pro açoite um manto;
à noite escurece o canto
pro amanhecer, um precipício.

As dores, um sumo suplício
vem anunciando o quebranto;
trazendo enxurradas em prantos
fomentando o sacrifício.

Partindo de quaisquer pontos,
do fim, do meio ou do início
há indecifráveis vestígios
dos mais dolentes confrontos...

À alma escurece o canto
pro amanhecer, um precipício;
A noite inventa um artifício
tecendo pro açoite um manto.

Beto Acioli 
05/04/2015

Nenhum comentário: