12 de mar de 2014

Poesia de Luis Eduardo Garcia Aguiar - Bem-te-vi


BEM-TE-VI

Bem-te-vi amanhece gorjeando.
Da casa, o quintal é o cenário.
Vejo-o durante o dia.
Escuto o seu trino.
Procura a parceira
buscando-a no ninho;
Anoitece em seu canto.

Um comentário:

charrua.blogspot.com disse...

Livro: DERRAMANDO VERSOS
ISBN 978-85-62883-60-6