17 de jun de 2012

Poesia de Margarett Leite

SENHOR DO MAR

(POESIA DE MARGARETT LEITE)

Eu Pequenina Leve Como Pluma
Voava Serena Na Luz Do Sonhar
... Eu Peregrina Com Ar De Menina
Pousava Pequena Com Paz No Olhar

Eu Borboleta Voava Com Os Anjos
Sem Norte Sem Rumo Na Luz Do Luar
Eu Coração De Risos E Lágrimas
Navego Nos Mares Para Te Encontrar

Eu Já Tão Grande Passava Pequena
Na Morte Dos Sonhos Deste Navegar

Montanha Rufante Dos Mares Errantes
Vem Me Assustar
Nas Bandas De Lá
Eu Já Maria Chorava Na Brisa
Que As Ondas Alisa Na Paz Deste Mar

Nas Dores Do Norte
Nos Risos Tão Fortes
Eu Já Madura Com Manto Envolto
Nas Dores Do Ser

Eu Tão Feliz Fincava Raiz
Na Dor Que Não Sai Do Meu Coração


Eu Açucena Nos Montes De Flores
Vim Pra Ficar Na Eterna Alvorada
Dos Mares Errantes
Do Nosso Viver

Eu Já Brilhante
Com Luz Refletindo
Os Ecos De Santos
Eu Vim Pra Colher

Nos Mares Bravios
Qual Barco Perdido
Nas Praias Do Além

Eu Tão Sereia, Menina Pequena
Serei Tua Teia Para Abençoar
Nas Ondas Baleias...Nas Conchas Sereias
Qual Noiva Cantante
Do Senhor Do Mar.

Nenhum comentário: