29 de mar de 2010

Poesia de Vilma Araújo




VIDA E FÉ

Na quietude do medo
A Terra treme e se desfaz
Surgem gritos... – É o fim do mundo!
Filas famintas e sedentas se formam...
Devastação! Animalização! Fúria!
Deus! Deus! Deus!
Onde estais que não respondes?
Sede o nosso pastor,
Livrai-nos dessa dor.
Guiai-nos por águas mansas!
A Terra se queixa,
Ferida, desmatada, poluída.
O homem tornou-se perito em destruição e
morte.
A Terra tem sangrado,
A humanidade corre perigo,
Falta-nos tudo que é essencial: ética, decência,
solidariedade, humanismo, FÉ e AMOR.
Deus abre o chão com mãos brasileiras,
Olhos haitianos cheios de fé veem a luz!
Dois corações batem em um só corpo,
Enterrado vivo sob escombros.
- Senhor ouve a minha prece!
E Deus ordena! – Salvem esta mulher!
- Filha, a tua fé te salvou!

...

Nenhum comentário: