29 de mar de 2010

Poesia de Selma Ratis


CALDEIRADA

Junte: Naná Vasconcelos
Alguns batuques africanos
E indígenas, preacas, flechas
Chocalhos, barulho de chuva
Nas árvores, arbusto e lavouras
Nos rios e mares.
Acrescente: Naná, a percepção
O desejo e a batida do coração
Deixe que transborde e salpique
A platéia embevecida e quente
Como você nunca viu comungar desse
O som único do Brasil.

...

Nenhum comentário: