4 de jan de 2017

Poesia de João Diogo - Eu sou o primeiro mês


EU SOU O PRIMEIRO MÊS

Oh! Janeiro! 
Por quê... O primeiro mês do Ano?
Ansiedade do acontecer?
Naturalidade do existir?
Finalidade de te afirmares
Como um talismã?
Ou prioridade
Ante quadro
Optimista e soberano;
A te indicar
Como o mais primário,
Mês, da era cristã.
Oh! Janeiro!
Vítima do descaso da iniciação...
Que a natureza eclode
Em braçadas de humores rigidos!
Punindo e abrançando
Horizontes em evolução,
Que a alvorada recreia
Em tons de cinza
E negrumes frigidos.
Oh! Janeiro!
Que doas que recebes e que consentes,
Ainda que tenhas a teu cargo
O mês que mereces...
Como referência
Ao que te enobrece, anualmente.
Como mês fecundo,
Acessível e rotineiro,
Que a lei da rotatividade, te elege,
Como o mês do Ano mais primeiro...
Apesar da agressividade
Que te engrandece,
Lisonjeiramente.

Recife- Janeiro de 2017

João Diogo

Nenhum comentário: