7 de nov de 2016

Poesia de Virgolino - Foco na vida

Imagem da Web

Foco da Vida 

O foco da minha vida
Ainda é a paz e o amor
Pois forte é o homem
Que acredita no amor
Sou um soldado em meio a
Uma guerra
Um visionário da paz
Uma barricada vazia
Um campo de concentração aberto
Sou a dúvida? Sou errado?
Sou estradas do deserto
Ora estou longe
Ora estou por perto
Tenho o olhar discreto
Da vitória
Sou a glória dos vencidos
A virtude dos generais
Sou ansiedade dos soldados
Sou garra do amor
A bandeira branca hasteada
Sou notícias espalhadas
Que a guerra acabou
Sou o abraço da família
Abraçando os soldados
Que voltaram
Sou o tom dos clarinetes e cornetas
Saudando a paz e o amor.

Virgolino Lima

Nenhum comentário: