15 de nov de 2016

Poesia de Giselda Camilo - Sempre Super

Fonte - Romário Farias

Sempre Super

Para alguns
Completamente sem pudor
Linda, formosa e nua se mostrou
Para outros
Se vestiu de bailarina com collant
E fez das nuvens frufrus esvoaçantes
E para muitos
Completamente envergonhada
Seja por estar nua ou não saber dançar
Se escondeu e não quis se mostrar
Muitos te procuraram para se inspirar
Poetas, amantes da poesia e namorados
Olhando horas para o firmamento
A ti procurando
Todos querendo ler a beleza do teu recado
E mesmo sem vê-la, para sua beleza adorar 
Esses singelos versos fiz para te homenagear
Sabendo que outra hora, outro dia
Conosco, bela e inspiradora,
Sempre super, querida Lua,
Rainha dos céus, como sempre, 
De volta estará
E com AMOR estarei aqui a esperar.


Giselda Camilo

Nenhum comentário: