14 de jul de 2015

Poesia de Margarett Leite - Anjo



ANJO

MARGARETT LEITE



Anjo aumenta a tua capa e me envolve 
Pois a cidade sempre chove 
Quando não estais 
Aos sons de uma lúdica canção de tenores 
Voaremos acima dos antigos sobrados 
Na úmida cidade que dorme 
Em cheiros de marés 
Deixa-me então 
Adormecer nos teus braços de paz 
E alces vôos que serão infinitos 
Nos sonhos meus.

...

Nenhum comentário: