29 de mai de 2015

Poesia de Margarett leite - Lua Branca


Lua branca

(poesia de Margarett Leite)


Lua branca de luz suave
hoje vi a tua imagem coberta de sangue
lua branca de luz intensa 
hoje estavas descalça na areia em prantos
lua branca diga- me o porquê deste pranto?
Lua branca sou o teu acalanto...
Meu pranto encanta o teu pranto
transforma tua dor vermelha
em manto santo
vem lua branca
desce do teu altar
e canta comigo 
um canto santo.

Nenhum comentário: