7 de ago de 2014

Poesia de Vilma Araújo - Alcídes


ALCIDES
Mãe,

Não chore, pois meu amor continua...
A vida também...
Mãe,
Você me deu tudo e me fez ser alguém
Não pense que morri
Apenas me afastei da sua visão
Nossos elos estão firmes
São eternos!
Pode sorrir, minha mãe, não quero que chore mais.
A alegria continua em meu coração
Vejo o mundo de uma forma mais ampla
Vejo, com muita piedade, as mãos que me atingiram
Com muito temor, essa alma prossegue, nesse mundo
Sua paz ainda tardará, oremos por ele.
Mãe, não se preocupe mais,
Continue construindo, sua missão ainda não acabou
Nos encontraremos, felizes, acredite
Compreendo melhor agora
As horas não são marcadas da mesma forma
O tempo é diferente, somente
Mas o amor é inalterável,
Meu amor está impregnado em você
Sinta-o, feche seus olhos
 E me procure, estou em toda parte,
Com mais facilidade...
Estou em DEUS.


Nenhum comentário: