16 de jul de 2014

Poesia de Valque Santos - Destinos Cruzados



DESTINOS CRUZADOS
 Valque Santos
 Meu amor me ligou
Para dizer que de ônibus
Está indo embora
Exausta
Molhada de desejos.

Falou-me da saudade
Da falta do meu beijo
De olhar nos meus olhos
E disse que mesmo assim
É feliz.

Vai atravessar a cidade
Caxangá via derby
Rua do Sol, da Saudade, da Aurora,
Até a Harmonia.

Meu amor está com fome
Quer dormir comigo
Para que lhe aqueça do frio
E nos meus braços
Chegar ao ponto final.

***

Nenhum comentário: