7 de set de 2013

Poesia de Madalena Castro - No silêncio da noite me deitar e dormir abraçada com meu bem


NO SILÊNCIO DA NOITE ME DEITAR
E DORMIR ABRAÇADA COM MEU BEM

Pra dizer que nada falta eu só queria
Um jardim e um canário cantador
Ajudar o meu amigo sofredor
Dispersar para longe a nostalgia
Transformar a tristeza em alegria
Não sentir nunca inveja de ninguém
Dividir o que tenho com alguém
E uma casa pequena pra morar
No silêncio da noite me deitar
E dormir abraçada com meu bem

Madalena Castro


Nenhum comentário: