3 de mar de 2013

Poesia de Neyluas - Flasch




Flasch

É como se fosse um flash de luz
ou um raio de estrela;
Como se não fosse a minha mente
reluzindo tua presença.
Tantas lembranças de um dia de sol...
Também, madrugadas de chuva e sereno
E alvoradas de momentos morrendo...
E eu... Ah, eu...
já sentindo a tua ausência
na aurora do dia amanhecendo.
P’ra canto algum fiz tantas viagens,
iguais aquelas que fiz em tua imagem
de olhos espelhentos,
Viagens essas, que hoje me dão saudades.
É como se fosse verdade
Como se não fosse miragem
A presença tua que me invade
e reluz a minh'alma
Iluminando a noite do meu ser.

Nenhum comentário: