3 de mar de 2013

Poesia de Clóvis Campêlo - Passaredo


PASSAREDO

Clóvis Campêlo

Minha casa tem palmeira
onde canta o sabiá;
guriatã de bananeira
que canta no pé de ingá;

tem sanhaçu, tem sebito,
rouxinol e curió;
por ser tudo tão bonito,
canto eu em fá e dó.

Na minha casa tem flores,
abelhas transando o mel.
A ave que lá gorjeia,

só fala dos meus amores.
Esse arremedo de céu,
meu coração incendeia.

Recife, 2013

Um comentário:

Clóvis Campêlo disse...

Grato pela postagem, amiga. Abraços