14 de jan de 2013

Pesia de Luis Eduardo Garcia Aguiar - Madrugada




MADRUGADA


Por que choras, madrugada,
lágrimas de orvalho triste?
Se a lua cheia através das nuvens
ainda existe, e virá o sol nascente
enxugar teu rosto frio.

Um comentário:

charrua.blogspot.com disse...

Do Livro Derramando Versos

ISBN 978-85-62883-60-6