26 de dez de 2012

Poesia de Luis Eduardo Garcia Aguiar - Contrastes

CONTRASTESVejo-te calma, pacata, tranquila.
Vejo-te triste, talvez deprimida.
Recife aldeia, por vezes, metrópole,
Recife metrópole, às vezes, aldeia.
Vejo-te alegre, feliz, buliçosa,
agitada, um tanto violenta,
amarga, acre, cinzenta,
doce, de muitas facetas.
No entanto, embalas,
no entanto, acalentas.

Luis Eduardo Garcia Aguiar

Um comentário:

charrua.blogspot.com disse...

Do Livro Derramando Versos

ISBN 978-85-62883-60-6