11 de ago de 2012

Poesia de Margarett Leite

 
 
O QUE RESTA AO HOMEM

                                                          Margarett Leite

O QUE RESTA AO HOMEM
SE ANTE DE NASCER JÁ EXISTIA
  AS LÁGRIMAS VERTIDAS NOUTROS DIAS...
AS ESPERANÇAS ATINGIDAS NA FALTA DO AMAHÃ


O QUE RESTA AO HOMEM
PURIFICADO POR OUTRAS VIDAS
QUANDO NÃO MAIS HAVIA
O RISO CALMO DA CRIANÇA PERDIDA

O QUE RESTA AO HOMEM
SE AS GUERRAS JÁ EXISTIAM
E DE DESAMORES JÁ SE VIVIA
SE NÃO SENTAR E REZAR

O QUE RESTA AO HOMEM
É QUE NA LABUTA VERDADEIRA
NA PAZ DERRADEIRA
BROTE ABUNDÂNCIA NA VINHA
SÓ SE ELE PLANTAR.

Nenhum comentário: