11 de jan de 2012

Poesia de Neide Germano


TENHO SEDE...

Tenho sede de viver
De correr atrás dos sonhos
De cantarolar com os pássaros
De correr para os teus braços
De dizer o quanto eu amo a vida

Tenho sede de acordar de manhãzinha
Garimpar o meu roçado
De alegrias e letrinhas
De falar aos quatro ventos
O quanto eu sou feliz

Tenho sede de dar uma boa gargalhada
Com piada ou sem piada
De correr na areia molhada
De dar umas cambalhotas
Nas dunas do meu pensamento

Tenho sede de acordar de madrugada
E quando tudo parecer uma roubada
Escrever belos poemas
De amor, de flores, de nada
Pela beleza do momento

Tenho sede de amar
Sorrir, cantar, silenciar
Vislumbrar, dormir, correr, chorar
Tenho sede de viver intensamente
E fazer da vida um eterno presente

Neide Germano

Nenhum comentário: