23 de out de 2011

Poesia de Magno Leite


LIBERDADE UM PORTO SEGURO

Bom é ter o leme de nossas vidas
E poder dar o Norte almejado
Embora possam advir lidas sofridas
Feliz será o sabor conquistado
Não existe porto seguro
Que deva causar-nos dependência
Embora sujeito a fúria e mar escuro
Melhor sermos senhores de nossa existência

Magno Leite

2 comentários:

Lucinda Prado disse...

Olá,
Amei seu poema!
Estou aqui relendo e refletindo.
Abç

Lucinda Prado disse...

Olá,
Amei seu poema!
Estou aqui relendo e refletindo.
Abç