6 de jul de 2011

Poesia de Regina Ratis



DESENCANTO

Tantas saudades tantas
daquele amor tão bonito
que se perdeu no infinito
dos sonhos que arquitetei
meu coração magoado
traz no peito tatuado
todo o pranto que chorei...

Regina Ratis

Um comentário:

Landa disse...

Linda poesia, Regina
Adorei
Abraço
Landa