8 de jul de 2011

Poesia de José Calvino

Conceição* 

Compreender as coisas
como elas são
com clareza
com teu corpo jovem
de seios à mostra
com uma saia
cheia de bugigangas do Morro:
fitas/terços/escapulários...

Alma, corpo e mente
compreendi a tua ausência.
Santamente?
Mas senti a tua presença.
Felicidade?
Viver em paz.
Se tu não queres...
Eu quero tua amizade.

José Calvino

*Homenagem à força do Morro da Conceição. O autor se inspirou numa mendiga negra do Morro que pedia esmola na festa de Nossa Senhora da Conceição, em Casa Amarela, Recife-PE.

Nenhum comentário: