13 de jun de 2011

Poesia de Rodrigo Couto


O CANTO DA NATUREZA

Lá longe ouvi um canto
O canto era uma beleza
Como um canto de um pássaro
Não sei de onde vinha
Parece que vinha do mar
Vinha da mãe natureza

Rodrigo Couto


(Poeta mirim)
31/07/2009

Um comentário:

João Sávio Lima disse...

A força da criatividade e expressão deste poeta mirim denota um potêncial que sensibiliza a alma, apreciei o vérso, a rima e a filosofia exitencial, fatores importantes neste seguimento. "Parabens"