26 de jun de 2011

Poesia de Valdeck Almeida de Jesus


Devolve minha metade

Eu era só, inteiro
Você me despertou
Me fez me sentir metade
Me completou, preencheu
Me fez sentir felicidade

Pra você eu era único, eterno
Te alegrava, te fazia sorrir
Minha presença te fortalecia
Você, que era só, agora tinha eu
E, juntos, éramos dois em um

Daí você cresceu, ficou forte
Perdeu o medo da solidão
No meu lugar colocou muitos
Sair comigo virou tormento, aflição
E eu, que era inteiro, virei metade

Metade riso, metade lágrima
Busquei, em vão, tua presença
Pra você eu não era mais eterno
Pois outras novidades te faziam rir
E tuas asas fortes te levaram longe.

24 de julho de 2010, 06:30 hs
Quarto frio e solitário

Valdeck Almeida de Jesus

Nenhum comentário: