5 de set de 2010

Poesia de Socorro Miranda


Metamorfose



Fecho a porta

O escuro me envolve

Estou só

O passado é revelado

Viajo na eternidade

Teço o meu futuro

Com cores vivas

De esperança e amor

Já não sou mais a mesma

TRANSFORMAÇÃO

TRANSMUTAÇÃO

VERDADE

PRESENTE

PAZ

Abro a porta

Abro as asas

Vôo para o infinito...



Olinda, 14/10/08


...

Nenhum comentário: