26 de mai de 2010

Poesia de Maria Pereira

PREDESTINAÇÃO

(Ao meu Amado Grupo Literário Celina de Holanda)



Tem que ser da chuva

a água
da árvore a seiva
do jardim o verde
e de você
o interlúdio
do meu cotidiano.

Maria Pereira


.

Nenhum comentário: