9 de ago de 2009

Poesia de Madalena Castro


Bom dia


Bom dia, pro céu tão lindo
Bom dia à mãe natureza
Bom dia, pro sol que brilha
Com resplendor e beleza

Bom dia, as águas do rio
Bom dia, as águas do mar
Bom dia, o vento que passa
E enche meu peito de ar

Bom dia, a chuva que cai
Pra nossa terra molhar
O meu bom dia pra tudo
Que desta terra brotar

Bom dia, para os meus pais
Bom dia, pra o meu irmão
Bom dia, amigo, um abraço
E meu aperto de mão


Madalena Castro

Nenhum comentário: