9 de ago de 2009

Nonato de Magalhães



A ÁRVORE DA VIDA!

É preciso lembrar que essa árvore tem raízes, ainda que não possamos vê-las. É preciso tempo para que as coisas mudem. ‘Não entendi nada’, mas é genial.
É estupefaciente a dissertação que conhecemos sobre desenvolvimento: Cria! Sonha! Realiza-se!
Aplicando a base da inteligência verossímil em favor do humano. Não se desvie, siga então o caminho da fé e preponderância/ estamentais.
“Que seu alimento seja o seu remédio e o seu remédio o seu alimento”. Servindo de energia ao corpo e ao espírito à força de produzir a sabedoria que o homem necessita.

Nenhum comentário: