14 de jun de 2009

Poesia de Madalena Castro


MEU SANTO QUERIDO

Meu São João, santo querido
Não dorme esta noite não
Vem ver teu povo dançando
Ciranda, coco e baião

Não dorme esta noite não
Vem ver queimar as fogueiras
Fogos enfeitando os céus
E animadas brincadeiras

Vem ver teu povo dançando
Fazendo adivinhações
E os jovens apaixonados
Aquecendo os corações

Ciranda, coco e baião
Com fartura vamos ter
Ser dormires, meu santinho
Tudo isto irás perder

Madalena Castro

Um comentário:

Carlota Vasconcelos disse...

Toda a doçura que convém à poesia associada ao registro de nossos costumes regionais. Lindos versos!