8 de jan de 2009

POESIA DE TELMA BRILHANTE


MULHER AQUÁTICA



a mulher
que sonhava o mar
enfeitou-se de alga
se caminhou sobre as ondas



acalmou as águas raivosas
que acariciantes
banharam o verso
e teceram um poema



a mulher
que apascentava
os rios
de seixos e limos
desvendou o poema
e se fez poeta.

...

Nenhum comentário: