18 de jul de 2008

Poesia de Madalena Castro


BALADA DO AMOR

Eu só queria acordar pela manhã
Antes que o dia começasse a clarear
Para sentir a leve brisa no meu rosto
E o teu corpo adormecido contemplar

Também queria, toda noite a lua cheia
Cobrindo a terra com seus raios de luar
Em minha volta só o som de um violino
Me embalando e convidando pra te amar

Se esse meu sonho se tornasse realidade
Eu poderia meus problemas descartar
E ficaria só pensando em ti, somente!
Pois seu só vivo e viverei só pra te amar

Cada minuto do meu tempo é importante
A vida é bela e é preciso aproveitar
Toda ternura e os carinhos do meu bem
Inteiramente no aconchego do meu lar.


Madalena Castro
fev/2008


Nenhum comentário: